Como Congelar Ervas e Temperos

Hoje o post é de dicas bem legais para congelar ervas e temperos que usamos ou não, diariamente. Muitas vezes eles acabam estragando e indo para o lixo, porque não usamos ou cozinhamos com muita frequencia. Outro ponto interessante é que ao congelarmos 
cebola e alho, nos livramos daquele perfuminho indesejável 
que fica nas mãos. Só por isso, já vale ler o post.
A grande vantagem de um bom congelamento é assegurar uma perda mínima do valor nutritivo dos alimentos, conservando 
sua cor e textura naturais.
Independente da erva escolhida, antes de congelar, 
você deve lavá-la e secá-la muito bem. 
As centrífugas ajudam muito nisso.

Salsinha: depois de lavar e secar muito bem, separe as folhas dos talos. Guarde pequenas porções de folhas em saquinhos plásticos, tire o ar e feche. Separe em porções que normalmente costume usar. Coloque vários saquinhos dentro de outro maior, feche e coloque uma etiqueta. Deixe no freezer por até 3 ou 4 meses. Para isso, é importante não esquecer de colocar a data do congelamento.
Quando for usar, pegue a quantidade de saquinhos que vai usar, coloque sobre a bancada ainda no plástico. Passe um rolo de leve e amasse as salsinhas. Ela fica picadinha, sem dar o mínimo trabalho.
Você também pode congelar os talos para usar em caldos ou ensopados. É só guardá-los inteiros em saquinhos.

Cebolinha: pique a parte verde, solte-as e embale em plástico, sempre em porções pequenas, como no caso da salsinha.

Manjericão, manjerona, coentro,hortelã: o processo é o mesmo. No caso do manjericão, é bom congelar algumas folhinhas inteiras para usar num molho ¨al pesto¨.

Orégano verde e alecrim: lave, seque, separe apenas as folhas  para congelar, embalando em sacos pequenos.
Não é preciso descongelar antes de usar, vai direto do freezer para a panela. Ficam mais bonitas.

Cebola: corte a cebola conforme for usar: em cubinhos, rodelas ou em pétalas. Para congelar, faça primeiro o congelamento ¨aberto¨ . Para isso, espalhe a cebola já cortada numa assadeira, cubra com plástico e leve ao freezer para congelar. No dia seguinte, retire, embale, etiquete e volte ao freezer.

Alho: como  é um tempero muito forte e se emprega em pequenas quantidades, o ideal é amassar, cada dente de alho e espalhar sobre uma assadeira, para fazer o congelamento conforme o feito com a cebola.
Tanto o alho como a cebola não precisam ser descongelados antes do preparo.
Por hoje é só, mas como estou cada vez mais na cozinha, vou pesquisando truques para ajudar a faciliatr o dia-a-dia. Sempre que encontrar algo realmente bacana, dividirei com vocês.

Um abraço,

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dica: FLAMBAR ALIMENTOS: O QUE É? PRA QUE SERVE?

Geléia de Jambo

Sagu Soltinho